terça-feira, 25 de julho de 2017

AMOR É EXPRESSÃO, AÇÃO & COMPAIXÃO.

Realizamos uma campanha: expresse seu amor, doando um cobertor! para arrecadar lençóis e casacos de frio para doar aqui no Sertão. o alvo é a doação de lençóis e cobertores aqui no Sertão. Já fizemos as primeiras entregas,  inclusive, cortamos tecidos doados para sala da sala de costura, dias atrás para doar, quando houve uma programação com  as mulheres. Era domingo dia 16 de julho, elas levaram as peças para seus lares, e agradeceram pela doação.
Os dias estão chuvosos estão sendo uma grande bênção para os sertanejos, porém, as madrugadas amenas, marcando 17º graus, segundo o clima tempo. Não é fácil, para quem está acostumado com 40º graus. As crianças não tem casacos, e os únicos lençóis que as famílias possuem são de retalhos finos. Nos dias 21 e 22 de julho recolhemos donativos. Pessoas deixaram lençóis na Antônia Moda - Santa Cruz do Capibaribe, desde já agradecemos pela parceria do bem. Agradecemos a rádio polo, FM que também contribui destinando roupas e calçados para quem sofre com o frio.
Fotos:  By Fátima Souza ( jornalista e bióloga, que esteve com sua família, contribuindo com o trabalho da ONG Pão é Vida.
Dia 16 de julho - 1ª entrega de cobertores e lençóis.
Dia 25 de julho de 2017 foi entregue a 2ª remessa de lençóis, cobertores e casacos na Baixa II - Além de pares de chinelos. Óbvio que nem todos puderam ser contemplados com casacos e cobertores, mas, puderam escolher outras peças, como: Shorts, camisetas, calças e sandálias e chinelos, que vierem nas doações.
A  2º remessa, entregue a em 25 de julho - Além de lençóis e cobertores, as famílias receberam chinelos.
 Dai-me um povo que acredita no amor e vereis a felicidade sobre a terra. 
(Maratma Gandhi)
A criançada, feliz da vida levando brinquedos!

domingo, 16 de julho de 2017

REVISTA PULSAÇÃO TRAZ MATÉRIA SOBRE A ONG PÃO É VIDA

 Fiz questão de entregar pessoalmente... a meus amigos queridos Joana D'arc Henzel e Ronaldo, no Oásis de Moxotó. ( disse, a jornalista Fátima Souza em sua rede social)

A Revista Pulsação que traz conteúdo jovem e reportagens super interessantes, destacou em uma de suas páginas, o trabalho da ONG Pão é Vida, que tem como idealizadores um gaúcho e uma Norte Rio Grandense. 
A jornalista  Fátima Souza, junto com seu esposo Ari, (escritor)  acompanha o trabalho social que o casal: Ronaldo e Joana D´arc, desde que o casal foi destaque na Revista época
Ela ressaltou na visita que fez ao Sertão, que o lugar está sendo transformado! Eles  estiveram no local em 2012, quando apenas um poço havia sido perfurado, e não havia árvores frutíferas no local.
Para nós, que fazemos a instituição, é um privilégio receber todos que aqui aportam, e há aqueles que chegam para ajudar transformar um deserto em Oásis.  
Agradecemos a contribuição da jornalista e bióloga, Fátima, que na manhã do dia 16 de julho, falou para a comunidade reunida, sobre a importância de cuidar do animais, ela que é defensora da causa, como presidente da ONG - Amigos do Chiquinho, em Currais Novos - RN.




quinta-feira, 13 de julho de 2017

1ª OFICINA DE CULINÁRIA, PRATOS À BASE DE MORINGA OLEÍFERA

Dia 07 de julho no espaço social da ONG Pão é Vida no Sertão do Moxotó foi realizada a 1ª oficina de receitas à base de Moringa Oleífera. A ideia foi da idealizadora da ONG, que já cultiva a planta há cerca de 1 ano, quando  a ONG Pão é Vida foi presenteada com mudas da planta, doadas pelo projeto Terra Viva.
Os participantes, aprenderam a preparar omelete, arroz, macarrão e o suco verde, usando como base as folhas da Moringa.
As capacitações continuarão acontecendo gratuitamente, com grupos de 10 participantes em cada oficina, para um melhor aproveitamento das informações.

A Moringa oleifera tem uma impressionante gama de usos medicinais com alto valor nutricional e benefícios medicinais. Diferentes partes da Moringa contêm um perfil de minerais importantes e são uma boa fonte de proteína, vitaminas, aminoácidos e vários compostos fenólicos. Possui propriedades anti-cancro, anti-epilético, anti-inflamatória, anti-úlcera, anti-espasmódico, anti-hipertensivo, anti-oxidante, anti-diabéticas, anti-bacterianas e anti-fúngicas e é utilizada no tratamento de diferentes doenças no sistema de medicina indígena.
Moringa é uma fonte importante de alimento em muitas partes do mundo. Ela pode ser cultivada de forma fácil e económica e, após a secagem, as suas folhas retêm muitas vitaminas e minerais. É usada na Índia e na África em programas de alimentação para combater a desnutrição. As vagens imaturas verdes são preparadas da mesma forma que o feijão verde, enquanto as sementes são removidas das cascas mais maduras e cozidas como as ervilhas ou assadas como as nozes. As folhas são cozidas e utilizadas como o espinafre e, também são secas e pulverizadas para serem usadas como tempero.
A folha da Moringa é mais conhecida como uma excelente fonte de nutrição e impulsionador da energia natural. Este impulso de energia não é à base de açúcar e, por isso é mantida. A Moringa é também um calmante. Ajuda a baixar a pressão arterial e ajuda a dormir melhor. O seu efeito desintoxicante deriva da capacidade da Moringa de purificar a água. A Moringa age como um coagulante, unindo-se a materiais e bactérias nocivas. Acredita-se que este processo também esteja a ocorrer no corpo.
OBS: Num estudo com pacientes diabéticos, os investigadores descobriram que a adição de 50 gramas de folhas de Moringa na refeição reduziu de 21% o aumento do açúcar no sangue. 
Perfil Nutricional
Numa porção de folhas de Moringa Oleifera, poderás encontrar 92 nutrientes, 46 antioxidantes, 36 anti-inflamatórios, 18 aminoácidos e 9 aminoácidos essenciais. Ela contém:
  • 22 % do valor diário de vitamina C
  • 25 % do valor diário de vitamina B6
  • 41 % do valor diário de potássio
  • 61 % do valor diária de magnésio
  • 71 % do valor diário de ferro
  • 125 % do valor diário de cálcio
  • 272 % do valor diário de vitamina A
Contém ainda o poderoso antioxidante Quercetina para ajudar a baixar a pressão arterial. O seu ácido clorogénico pode ajudar a moderar os níveis de açúcar no sangue após as refeições. 
Fonte: https://gracianoconstantino.com/2015/11/23/as-suas-folhas-contem-todos-os-aminoacidos-essenciais-e-as-suas-sementes-purificam-a-agua/.

 Momento de  degustar os pratos preparados com as folhas da Moringa.
 O delicioso omelete de Moringa Oleífera.




quarta-feira, 5 de julho de 2017

EXPRESSE SEU AMOR, DOANDO COBERTORES E CASACOS.

Dia 21 de julho de 2012 foi a última vez que doamos cobertores aqui no Sertão.  Atualmente, os dias estão chuvosos (Graças à Deus) e as madrugadas amenas (17º graus, segundo clima tempo). Não é fácil, para quem está acostumado com 40º graus.  As crianças não tem casacos, e os únicos lençóis que as famílias possuem são de retalhos finos. 
Um cobertor fofinho custa em torno de R$ 50,00 por aqui nas cidades adjacentes. 
Se alguém tiver cobertores e casacos novos ou usados, em bom estado,  Faça contato: Nosso whats é (81) 99752 0140. Nos dias 21\ 22 de julho, estaremos na região de Caruaru \ Santa Cruz do Capibaribe PE
DICA: Poderá  deixar sua doação na Antônia Moda - Rua Cabo Otávio Aragão, 91 centro - Santa Cruz do Capibaribe. (Com Marli ou Miria)
Podemos retirar a doação na sua casa. Se alguém de São Paulo quiser enviar cobertores, temos o contato de uma empresa de ônibus que traz encomendas. Neste caso, o frete, é responsabilidade do interessado(a) em fazer a doação.

Sempre recebemos doações de roupas, porém, 2016 foi um ano que chegou um ou outra doação. Não temos como prática de focar somente em donativos ao exceto em casos emergenciais. O alvo da ONG Pão é Vida, não dar o peixe, é ensinar pescar, ou seja emancipação dos sujeitos, e não, mero assistencialismo. 


As doações que são trazidas para o Sertão, são compartilhadas com as famílias que são atendidas pela ONG.
                  Quanto custa transformar o deserto em um Oásis? 
Para fazer florescer um Oásis, onde tudo era uma imensidão sépia, é preciso de abnegação, trabalho, e uma boa dose de paciência. É preciso mais que um olhar curioso, elogios, ou curtidas nas redes sociais.  
Os valores monetários, (óbvio, que são necessários, mas, não é tudo, pois  a transformação envolve saberes, sensibilidade e experiências. O processo é lento, e ocorre a partir de um conjunto de esforços. 
Estamos plantando para próxima geração colher muitos frutos do esforço empreendido. Cuidarão do jardim ou o abandonarão? É uma indagação que não podemos responder, pois a vida não oferece garantias. Alguém está sentado na sombra hoje porque alguém plantou uma árvore há muito tempo.”  Warren Buffett
TITULARIDADE: Associação Pão é Vida - CNPJ: 08.316521/0001-64
Deposite sua contribuição para: ASSOCIAÇÃO PÃO É VIDA - AGÊNCIA: 0361-1 CONTA CORRENTE: 15.422-9 - BANCO DO BRASIL.  (Código para depósitos internacionais)  (SWIFF) BRASBRRJRCE.
INAJÁ - SITIO BAIXA II
SÃO PAULO: Rua: Diógenes Taborda 16, Casa II - Jardim Eledy - CEP: 058.56-030.
CURRAIS NOVOS: Av. Rodolfo Pereira , 422 - Parque Dourado.
Não contamos com ajuda financeira governamental. Nossas ações de inclusão social são realizadas com doações voluntárias de pessoas físicas e ou jurídicas.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

RETALHOS QUE SE TORNARÃO LENÇÓIS!

Quem conhece ou vive em regiões Semiáridas sabe que as noites são mais amenas, nos meses de junho e julho...
Aqui no Sertão do Moxotó, não é diferente, tem feito frio a noite. Fazia um tempo que vínhamos solicitando doação de retalhos, finalmente conseguimos! 
O ato de alguém, doar os retalhos para ONG, possibilitou que cada mulher, pudesse levar uma sacola com retalhos para costurar lençóis para a família.
Embora as necessidades básicas possam variar de indivíduo para indivíduo. Todos os seres vivos possuem necessidades básicas para sobrevivência, como: água e alimento, repouso, abrigo e temperatura adequada, etc... Alguém já disse que: se estivermos saudáveis, alimentados, aquecidos e houver alguém que nos ouça, nossas necessidades essenciais, estarão supridas! 
 Cada mulher levou para casa uma sacola com retalhos.
Ele disse: amei meu sapato, algo que estava sobrando na gaveta de alguém, causou alegria por aqui!
SERVE? NÃO! ENTÃO TROCA! Nada de entregar para os pequeninos do #SertãodoMoxotó, calçados que não cabem no pé. Na ONG Pão é Vida achamos um jeito de ensinar o valor de cada gesto, e que a vida é uma troca

terça-feira, 9 de maio de 2017

ATIVIDADES PEDAGÓGICAS NOS SERTÃO DO MOXOTÓ

Pequenas conquistas que geram grandes mudanças - Ver as crianças fortinhas e sorrindo, com cabelos penteados e usando roupas limpas, é algo comum só para quem conhece a comunidade de algum tempo para cá. Quem conhece as Baixas, no Sertão de Inajá há mais tempo, sabe como era o cenário. É comum ouvir nos dias atuais algumas cantando assim: A de amor, B de baixinho C decoração D de docinho{...}.
Estamos trabalhando para um sonho mais amplo, ter as atividades pedagógicas 3 vezes na semana com uma pedagoga, ainda é sonho, devido falta de recursos financeiros.  Por enquanto, Joana D´arc, que é assistente social e fundadora da instituição, é quem realiza as atividades gratuitamente.

As pessoas levando provisão para seus lares, após tempo ouvindo a palavra e cantando louvores. As crianças se deliciaram com doce de leite, feito pelo Ronaldo Henzel.


Recentemente foi doada para ONG Pão é Vida uma TV e um DVD. Fazia 1 ano que estávamos sem TV no espaço pedagógico. Após a doação ser feita, outra pessoa me comunicou que doaria uma TV novinha. Como assim, 2 TVs? Aí expliquei que havia ganhado uma TV usada, em bom estado. A palavra da pessoa foi: já decidi doar, então pode contar com ela.
Como temos o espaço social anexo para cursos e oficinas, onde não tem TV, faremos o remanejo.
Eu lembrei do George Muller e seus desafios no passado não muito distante... Deus não mudou, Ele conhece nossas necessidades.  Em nome da ONG Pão é Vida, agradeço a sensibilidade das pessoas que por atitudes tão generosas. (Joana D´arc).

domingo, 26 de março de 2017

EQUIPE DE MÉDICOS DO RIO DE JANEIRO ATUAM NO SERTÃO

Recebemos dia 24 \ 25 de março de 2017 aqui na ONG Pão é vida, uma equipe muito especial! Profissionais da área da saúde que vieram ao sertão, para se doar. Carol e o Rafael (pediatras) o Jonathan (dentista) junto com outros 5 voluntários (biólogo, enfermeira e educadores).

Dra. Carol pediatra, atendendo um bebê.
O atendimento já finalizava, quando mais pessoas chagavam. Elas vem de longe no lombo dos jumentos.
Foram dois dias intensos, consultas, palestras e atendimento odontológico:  extrações, profilaxia e restauração dos dentes de pessoa que nunca haviam ido a um dentista.
O dentista Jonathan, e seu pai atenderam dezenas de pacientes.