quarta-feira, 28 de março de 2012

ONG PÃO É VIDA INICIA NOVA TEMPORADA DE CURSOS

A abertura dos cursos promovidos pela ONG Pão é Vida aconteceu na terça- feira, dia 27 de março ás 19:00h na Rua Vereador Severino Ribeiro da Silva, 94  no Bairro Novo, em Santa Cruz do Capibaribe / PE.  No mês de janeiro foram abertas as inscrições para os cursos de costura industrial, informática e inglês.
Os inscritos chegaram cedo e participaram da abertura que foi realizada por Joana D´arc e Ronaldo Henzel, (Fundadores da instituição). Após cada professore se reunir com seus alunos foi realizado um sorteio de brindes para os inscritos nos cursos.
Os cursos da ONG Pão é Vida são ministrados há mais de 2 anos por profissionais qualificados, e são gratuitos.
O Ronaldo ministrou para os presentes, uma de suas palestras motivacionais, denominada como transformar Sonho em realidade. Os professores foram apresentados aos alunos e tiveram a oportunidade de dizer porque estão fazendo parte dessa iniciativa.
As aulas de Inglês serão ministradas aos sábados na Escola Menino Jesus - Rua José Bernardino Gomes, 346 - Novo, Santa Cruz do Capibaribe.  Informações com o Profº Suitiberto Cavalcante (81) 9451 3490 ou com Joana, pelo fone (81) 9752 0140.
Parceiros como, o Jornalista Marcos valério da revista Desafios estiveram presentes no evento.
Louvamos a Deus pelas parcerias que tornaram possível esses projetos: a PIB de Santa Cruz, proprietária do imóvel que utilizamos para os cursos, (Temporariamente é a nossa Base operacional aqui no Agreste de Pernambuco), e a Empresa Rota do Mar, que cedeu máquinas de costura e computadores para realização dos cursos e realiza a manutenção em ambos, quando se faz necessário.
Crianças e adolescentes da comunidade Santo Antônio onde a Pão é vida atua há 4 anos estão matriculadas nos cursos.
2012, mais 1 ano que oferecemos cursos gratuítos para a população. A ONG Pão é Vida não autoriza pessoas receberem contribuições em nome dela em nenhum lugar do país, ou fora dele. Para quem desejar contribuir com essa instituição, existe uma conta da instituição no site oficial: www.paoevida.org após solicitar termo de adesão pelo email: paoevida@paoevida.org ou ronaldo_joanadarc@hotmail.com poderá realizar um depósito.
TITULARIDADE: Associação Pão é Vida - CNPJ: 08.316521/0001-64
Deposite sua contribuição para: ASSOCIAÇÃO PÃO É VIDA
AGÊNCIA: 0361-1 CONTA CORRENTE: 15.422-9 -
BANCO DO BRASIL.  

quinta-feira, 15 de março de 2012

VÍDEOS DO TRABALHO EM COMUNIDADES DO NORDESTE EM 2012.

CRIANÇAS CANTAM MÚSICA GOSPEL NA COMUNIDADE



FANTOCHES

sexta-feira, 9 de março de 2012

QUAL É O PAPEL DA MULHER NA PÓS- MODERNIDADE?


O Dia Internacional da Mulher é comemorado no dia 08 de março. É uma data comemorativa para a celebração dos feitos econômicos, políticos e sociais que foram alcançados pela mulher.
A proposta do dia internacional da mulher foi iniciada na virada do século XX, durante o processo de industrialização e expansão econômica, que levou a grandes protestos sobre as condições de trabalho. As mulheres empregadas em fábricas de vestuário têxtil foram protagonistas de um desses protestos em 08 de março de 1857 em Nova Iorque. O protesto requeria melhores condições de trabalho e salários mais altos.
Porém o que levou mesmo a essa data ser comemorada mundialmente foi a tese do incêndio provocado na fábrica da Triangle Shirtwaist, que também ocorreu em Nova Iorque, em 25 de março de 1911. Onde foi registrada cerca de 146 mortes. Segundo relatos, cerca de 129 trabalhadoras foram trancadas e queimadas vivas. O incêndio da fábrica Triangle, é até hoje, o pior incêndio da história de Nova Iorque.
Fonte: mundo das tribos.com

                                       Qual é o papel da mulher na pós- modernidade?
Quem é a mulher da pós- modernidade? Qual o seu papel diante de tantos desafios?
A mulher de hoje ocupou espaços onde os homens reinavam absolutos... são empreendedoras, independentes e bem resolvidas, somos também: esposas, mães,  donas de casa...
 Assumimos diversos outros papéis, sem abrir mão daqueles que já tínhamos. Como fica a vida quando se espera tanto de nós mesmas? Quando cobramos tanto de nós mesmas? 
        Quais são nossos dilemas na pós-modernidade?
 
As facilidades da vida moderna não resolveram velhos dilemas ainda enfrentamos a solidão e a violência...
Estudos mostram que quando os homens adoecem, nós mulheres cuidamos deles, quando adoecemos, somos geralemente abandonadas por eles...
Está comprovado por pesquisas que quem abusa, e maltrata nós mulheres são as pessoas que estão mais próximas, aquelas de quem esperamos afeto e proteção... e isso acontece já na nossa infância e adolescência..
Somos guerreiras, não desistimos de viver quando somos feridas na batalha.
Somos como um radar no mundo, percebendo de longe o perigo...
Somos sensíveis, intuitivas...
Quantas de nós, mulheres já não enfrentou situações em que tentou ajudar um homem em alguma situação, porque percebemos que algo estava estranho...
O papel da mulher nessa era é deixar sua marca no mundo. Como podemos deixar nossa marca possitiva no mundo? Sendo autenticas, abrindo mão daquilo que rouba nossa identidade.
Fuja das caricaturas
Evite dar ouvidos para assuntos e pessoas que ferem sua auto-estima
Não deixe que o consumismo te domine.
Nascemos com uma nobre missão, influenciar pessoas...
Se não pudermos influenciar o mundo, podemos influenciar nossa nação, se não pudermos influenciar a nação, podemos influenciar nossa cidade, se o desafio ainda for grande, então que influenciemos nossos amigos, nossas famílias...
Nossas palavras são sementes, nossas ações são sementes...  Plante boas sementes, elas vão produzir bons frutos.
A BÍBLIA O LIVROS DOS LIVROS DIZ: Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis. O coração do seu marido confia nela...
Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida.
   Provérbios 31:10-12.
SEJAM VIRTUOSAS! FAÇAM O BEM,  AMEM MAIS, PERDOEM MAIS, VALORIZEM SEUS FILHOS, SEUS ESPOSOS OU NAMORADOS... SABENDO QUE ELES SÃO HUMANOS, PODEM FALHAR COM VOCÊ...  MAS, ISSO NÃO TE IMPEDE DE PERDOAR!
Perdoar não é esquecer, é lembrar sem sofrer.       Joana D´arc  Henzel

domingo, 4 de março de 2012

O “MARAVILHOSO MUNDO VIRTUAL” E SUAS “REDES SOCIAIS”



Que a rede mundial de computadores é uma maravilha dos tempos pós-modernos, ninguém duvida. A comunicação global e a rápida interação entre os povos é algo devemos a essa revolução chamada internet.
Quando pensamos em “mundo virtual” o que vem a sua mente?
Um mundo de liberdade e possibilidades? A resposta pode ser a chave para desvendar muito sobre nós mesmos... O fato é que o mundo virtual tem fascinado milhões de pessoas no mundo inteiro. Nela é possível até ser outra pessoa... estar sempre belo (a), ser encorajado (a), compreendido (a), e não há limites para as variações. Podemos escolher os amigos, as pessoas com as quais queremos ou não interagir...
Um exemplo disso é a “Second life” que fascina muitos, pessoas inteligentes e antenadas que talvez frustradas com the first life escolhem a segunda vida, ou seja uma “vida virtual, um jogo” onde mudamos nossos pais, amigos, cônjuges, situação financeira, enfim, um paraíso!
As redes sociais são vistas por muitos como a maravilha desse “novo mundo virtual” embora elas nos mantenham conectadas com pessoas que amamos e confiamos, não podemos esquecer que essas redes são também mecanismos de controle social, suas comunidades são uma espécie de curral onde “os animais somos nós”. Os nomes dados as comunidades são geralmente assim... “Eu odeio isso, eu amo aquilo, não suporto tal coisa”. Se pensarmos na disseminação do preconceito e em quantos mal entendidos surgem por causa de comentários em posts ou em fotos, talvez venhamos reavaliar o uso da rede nos dias atuais. Até onde essa constante interação é realmente benéfica ao nosso mundo real? Relatos de pessoas que não consegue mais se relacionar com o mundo real se tornam cada vez mais comuns. Em países como a China onde há clinicas de reabilitação para pessoas viciadas na rede. 40% dos viciados em internet também sofrem de distúrbio de deficiência de atenção e hiperatividade, e têm dificuldades para obedecer às ordens na reabilitação.
"Eles apresentam eficiência de apenas um quarto ou um quinto do normal, em sua vida acadêmica", disse. O vício em internet é um grande problema na China porque 200 milhões de usuários da internet no país têm entre 15 e 35 anos, e muitos deles não exercem autocontrole, de acordo com Tao Ran, diretor da primeira clínica chinesa de reabilitação para viciados na internet.   joana Darc Henzel
Há redes e redes e redes, umas servem para que nos balancemos nelas, outras existem para "nos balançar", só temos que ter cuidado para não ficarmos presos nas "malhas de certas redes".
Em muitas casas as pessoas não sentam mais para uma refeição juntos, em muitos casos porque a vida real perdeu a graça. Que vençamos as malhas da “rede virtual” e nos balancemos na rede da varanda da casa onde a família pode até sentar e bater um bom papo no fim do dia.   Joana D arc

sexta-feira, 2 de março de 2012

NOVA TEMPORADA DE CURSOS NA ONG PÃO É VIDA EM PERNAMBUCO


        O primeiro dia de aulas na ONG Pão é Vida em 2012  será na terça- feira, dia 27 de março ás 19:00h á Rua Vereador Severino Ribeiro da Silva, 94  no Bairro Novo, em Santa Cruz do Capibaribe / PE.
 No mês de janeiro foram abertas as inscrições para os cursos de costura industrial, informática e inglês. Já tivemos 4 turmas de corte e costura e informática, em 2010 e 2011.
Em novembro de 2011 aconteceu a formatura da turma do curso de cabeleireiro. Dessa turma especificamente, 4 alunos montaram seus salões de beleza em duas diferentes cidades, e outros estão prestando serviços em salões de Santa Cruz do Capibaribe.
Os cursos da ONG Pão é Vida são ministrados por profissionais voluntários qualificados e são gratuitos.
Louvamos a Deus pelas parcerias que tornaram possível esses projetos: a PIB de Santa Cruz, proprietária do imóvel que utilizamos para os cursos, (temporariamente é a nossa Base operacional aqui no Agreste de Pernambuco), e a Empresa Rota do Mar, que cedeu máquinas de costura e computadores para realização dos cursos e realiza a manutenção em ambos quando se faz necessário.