segunda-feira, 27 de outubro de 2014

VAMOS TOMAR CHÁ COM BISCOITO EM UMA UMA EXPOSIÇÃO DE ARTESANATO?

Convidamos você e sua família para participar de um EVENTO BENEFICENTE que será realizado no dia 22 de novembro ás 17:30h. I
Neste dia é comemorado o dia da Música, por isso será um chá musical, teremos vários levitas louvando a Deus neste dia especial.  A senha custa apenas R$ 10.00 e está disponível pelo (81) 9752 01 40 - A renda do evento será revertida para fazer A CEIA DE NATAL DIA 13 DE DEZEMBRO NO SERTÃO. 
A 1ª edição da ceia de Natal gratuita para as famílias do Sertão aconteceu ano passado e teve 374 pessoas, este ano não será diferente, cremos que a quantidade deve aumentar.
Vamos expor artesanato produzido e doado para venda, a renda será para finalizar um reservatório de 90.000 litros d´água construído para o projeto de irrigação por gotejamento.

IRRIGAÇÃO POR GOTEJAMENTO - ALTERNATIVA PARA CONVIVÊNCIA COM O SEMIÁRIDO.

Para promover o desenvolvimento local em comunidades carentes gerando emprego e renda na Zona Rural de Inajá, no estado de PE. A ONG Pão é Vida investiu junto com parceiros no plantio de melancia irrigada. A experiência  provou que o investimento em insumos agrícolas não é alto, mas, quando se pensa que a água para irrigar a terra arenosa é bombeada usando energia elétrica, oriunda de poço com profundidade entre 120 a 170 Metros, os custos aumentam significativamente.
Cerca de 70 dias após o plantio é possível colher as melancias e,  durante a colheita surgem dificuldades, a maior nessa região é o acesso dos caminhões ao local  para retirar a produção, uma vez que a estrada é precária, ( para não dizer inexistente) pelo descaso do poder público.
Em Inajá e Manari, pequenos produtores vendem toda a produção de melancia irrigada para atravessadores, que se aproveitam da falta de estrutura deles. É visível a falta de estrutura para escoar a produção, isso consiste um entrave para o desenvolvimento local e a motivação para os agricultores.
É comum ver que após fazer todo o investimento, o agricultor sofre com questões como oferta e da demanda que varia bastante,  e a disparidade do preço que vende é 5  a 7 vezes inferior ao preço final ao consumidor.
Embora o Semiárido tenha sido citado com prioridade, no  “Mais Irrigação ” programa lançado pelo governo em 2013 prevê investimentos de R$ 10 bilhões em propriedades rurais.  
Não vemos na prática ainda os pequenos agricultores recebendo nenhum tipo de subsidio do programa. Implementar o "Mais irrigação" no Semiárido é certamente um desafio que precisa de comprometimento e fiscalização por parte do poder público.
Para o pequeno agricultor que esbarra  na burocracia quando tenta subsidio, sobra a tristeza de ver que seu Pais dispõe de cartilhas elaboradas por excelentes teóricos e ótimas propagandas feita por exímios marqueteiros, mas, não investe para que o pequeno produtor tenha o acesso aos benefícios citados nelas.
                O TCU IDENTIFICA PLÁSTICOS QUE RECEBEM O GARANTIA SAFRA
Um fraude comum é o desvio das verbas do garantia safra, a prova disso foi  que Em março de 2014 o TCU identificou Políticos e donos de carros de luxo recebem verba antiseca, um prefeito, vereadores e até donos de carros de luxo foram beneficiados com verbas de programa federal criado para socorrer pequenos agricultores castigados pela seca no Nordeste. http://tribunadaride.com.br/tag/desvio/#
                 OUTROS FATORES QUE EMPERRAM O DESENVOLVIMENTO
O abandono a Assistência Técnica Permanente para o agricultor familiar no Semiárido Nordestino foi tema de um matéria, segundo Azevedo Carneiro, o atual governo não tenha uma visão descentralizada, no sentido de desburocratizar o repasse dos recursos para a assistência técnica, e isso ocasiona um dos principais obstáculos apontados pelos agricultores familiares. Leia mais http://www.umarizalnews.com.br/2012/07/o-abandono-assistencia-tecnica.html
A ideia de “combate à seca” considerada hoje como ultrapassada por muitos teóricos porque se concluiu após vários estudos, que a estiagens sempre ocorrem, e por isso, é preciso conviver com o clima Semiárido, desenvolvendo projetos que possibilitem o melhor aproveitamento e distribuição da água, perfurando poços para irrigação, construindo barragens e etc...
No entanto, até bem pouco tempo, em vez de disseminar políticas de "convivência com o semiárido", o governo federal empreendia o "combate à seca" – e isso desde que o imperador Dom Pedro 2° autorizou a construção do açude do Cedro, uma das primeiras grandes obras públicas de combate à estiagem, em 1880, passando pela fundação do atual Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs), em 1909, e, na segunda metade do século 20, da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e outros órgãos. Fonte: http://noticias.terra.com.br/no-nordeste-politica-de-convivencia-com-o-semiarido-substitui-combate-a-seca,0b72448f242bb310VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html

sábado, 25 de outubro de 2014

DIA DA CRIANÇA / 2014 - DA COMUNIDADE SANTO ANTÕNIO E PIB


Por Joana Medeiros
Outubro é um mês que dedicamos para realizar atividades voltadas para as crianças de comunidades onde atuamos. Hoje foi o dia que conseguimos a parceria com o Rota Do Mar Club, para levar as crianças da comunidade Santo Antônio e comemorar a passagem do dia delas. Uma das crianças que foi morar em um sitio recentemente, me interpelou, Tia Joana, você ainda não foi na minha casa, só o tio Ronaldo foi... Porque você não faz uma casa perto da minha lá no sitio? Respondi que não poderia.... Ela continuou insistindo, vamos tia Joana, meu pai sabe fazer casa, ele faz uma pra você “num carece pagar nada para ele não” Como não se encantar com a inocência de uma criança... Vale muito o esforço de investir tempo em vidas. 
Agradeço a todos os amigos, voluntários e a Marta Ramos e Arnaldo Xavier pela generosidade, pois nada pagamos pelo uso do local. Todas as 38 crianças comeram um delicioso cachorro quente e ganharam presentes que foram arrecadados por colaboradores da empresa.
Juntos fizemos mais um vez o que ninguém faria sozinho! Agradecemos pelos picolés doados Stella Alcântara e Suitberto Cavalcanti e (Yasmina Monise, Fernanda Leite, Paula Lima e Zeca Junior), galera do RH da Rota do Mar, obrigada a vocês pelo trabalho de apoiar projetos.


quarta-feira, 8 de outubro de 2014

VEJA OS PREPARATIVOS PARA O DIA DAS CRIANÇAS 2014




A empresa Rota do Mar organizou gincanas entre equipes de colaboradores para arrecadar brinquedos... hoje foi o dia de retirar as doações na loja da Grife em Caruaru. A ONG Pão é Vida trabalha todos os anos as datas comemorativas, neste dia 12 de outubro comemora-se o dia da criança, e mais uma vez e parceria com a empresa Rota do Mar a ONG realizará atividades lúdicas e recreativas no seu núcleo rural no município de Inajá, que fica numa região carente do Sertão de Pernambuco, onde as crianças se deslocam de sítios distantes pela Caatinga no lombo de jegues para participar das atividades.
As atividades iniciarão às 14h,vai ter pintura no rosto, lanche, brincadeiras e presentes! 
Agradecemos aos proprietários e colaboradores da Rota do Mar, uma empresa socialmente responsável de fato, sempre disposta a para ajudar as instituições sem fins lucrativos.
Ficamos imensamente gratos à Deus por ver essa mobilização tão linda em prol de ver sorrisos. amanhã no Sertão, e dia 25 será com crianças de uma comunidade carente e as crianças do futebol, levaremos eles ao Rota Do MarClub... quem sabe outros colaboradores poderão estar lá conosco... Agradecemos também a galera do RH da empresa, (Fernanda, Paula Lima, Zeca Junior, Yasmina Monise e todas as equipes dos setores, a Marta Ramos, Arnaldo Xavier por promover ações e assim, fazer parte da vida de tantas crianças. Juntos vocês fizeram o que ninguém sozinho faria!!